Publicado por: Malhado | 15-01-2013

Seus valores, sua caminhada

Ídolos não substituem valores. Só você é capaz de caminhar com as suas pernas, e a responsabilidade por cada passo é sempre sua.

Alexandre Malhado

Seja um escritor, um artista, um sacerdote, um político, uma marca, um esporte ou qualquer outro meio externo a nós, todos nós temos alguma forma de extravazar paixões e ansiedades. Todos buscamos um modelo em que nos espelharmos, mas a humanidade não quer apenas se inspirar em ideais ou valores que alguém defenda ou algo represente: cada vez mais as pessoas querem que outrem tome para si a responsabilidade de as conduzir rumo à felicidade, à estabilidade e, por que não, à riqueza fácil.

Escritores descrevem suas visões de mundo, real ou fictício, artistas emprestam ao sonho seu talento para que os possamos viver com os sentidos, sacerdotes explicam o universo de acordo com a sua prória visão do que é sagrado, políticos buscam poder a qualquer custo sem realmente se importarem com quem os elegem, marcas querem chamar sua atenção para que você lhes dê dinheiro e o esporte deixou de representar a busca pelo corpo e mente sãos para tornar-se o ópio mais barato para as multidões oprimidas, o “crack” que fumamos no “cachimbo” LCD de nossas televisões. Em comum todos querem que você alimente suas presenças na mídia com a sua paixão, pois ela perpetua suas existências e aumenta as possibilidades de se fazerem mais presentes na vida e nos hábitos de mais pessoas, aumentando suas fileiras de fãs, seguidores e consumidores.

Leia o que puder, sonhe o que e como quiser, creia naquilo que te dê respostas satisfatórias, escolha uma ideologia que espelhe a sua forma de ver o mundo e ame o que achar por bem amar, mas jamais se esqueça de que são os seus valores que contam, e nunca deixe para outra pessoa as decisões que mudarão a sua vida. Ter um ídolo, um time do coração, uma opinião qualquer sobre um assunto que lhe faça pensar é importante para avaliar em que direção sua alma está apontando e reavaliar suas posições, mas tenha sempre muito cuidado com a energia que você dispende nessas coisas, pois na maioria das vezes você está apenas fugindo de si mesmo enquanto encontra outras coisas e pessoas mundo afora.

Caminhe com suas próprias pernas, e jamais se esqueça de respeitar o direito alheio de caminhar.

Anúncios

Responses

  1. AMEI o texto! E a ponto de eu ousar em intrometer-me e acrescentar. Quanto a crer em respostas que satisfaça, lembrar de não se satisfazer facilmente com respostas.
    Parabéns pelo texto e desculpe a intromissão, é q me empolguei…rss
    Bençãos e bjs!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: