Publicado por: Malhado | 23-03-2013

Uma tríade sobre ancestralidade

“Honre aqueles que te forjaram no seu sangue
Honre os que te ajudaram a encontrar os Deuses
E lembre-se dos que pisaram onde seus pés estão”

Alexandre Malhado

Ainda engatinho nas tríades, mas é praticando que se aprende. Essa, fala de três formas de ancestralidade, e tomei especial cuidado de, na primeira frase, deixar subentendido que o sangue nem sempre dita sua ancestralidade através do DNA, mas através de quem forja nossos valores e nos cria para o mundo. Claro, se você for um desses casos onde uma família te acolheu por adoção, honre ambos: um pela dádiva da vida, e o outro por uma vida de dádivas!

Meus agradecimentos ao Druida do Vento pela Inspiração que sua história me trouxe. Vale a pena ler  e ponderar a respeito dela!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: