Deuses Celtas

No Druidismo, não existe “Deus disso” ou “Deusa daquilo“. Cada um Deles literalmente é o como se manifesta e ainda muito mais (pois apenas nossa percepção Deles é limitada). Eles têm identidade e responsabilidades próprias, são independentes e interdependentes e não são facetas de nada superior ou anterior a Eles. Tudo o que existe se manifesta a partir Deles, e não o contrário. Poderíamos dizer que o Universo nada mais é que a dança dos Deuses criando, mantendo e encerrando os ciclos que para nós parecem eternos, mas para Eles não passam de um instante.

Esta lista está longe de se pretender completa ou detalhada em relação aos Deuses celtas, que são nossos Deuses de culto, e suas funções, responsabilidades, descrições ou manifestações, mas estará em constante atualização de modo a honrá-Los quão melhor pudermos dispor de informações sérias a Seu respeito.

– A –

Áine
(outros, nomes)
Descrição resumida.

Atégina
(Ataegina)
Seu nome significa renascimento e é formado pelo prefixo Ate+Gena; renascimento], e Seu culto forte entre os povos lusitanos. Animais como o bode e a cabra eram consagrados a essa Deusa, na antiguidade. Ela também é representada com um ramo de cipreste.

Deusa que se manifesta na Primavera, no renascimento, na natureza, na Lua, na fertilidade e na cura. Ela também é muito associada às vitórias em batalhas e à vingança, por isso, ela é chamada para vários fins, desde a cura de uma pessoa até maldições.

Atégina era adorada na Lusitânia e na Bética, em Elvas (Portugal), e Mérida e Cáceres (Espanha). Seu culto também era muito forte na cidade de Turobriga, conhecida como a Baeturia celta, cuja localização é desconhecida. Ela também era uma das principais Deusas cultuadas em locais como Myrtilis (atualmente Mértola) e Pax Julia (Beja), em Portugal.

Posteriormente Ela foi sincretizada com a Deusa Prosérpina (Romana), durante o período romano. Esse sincretismo está presente na inscrição ATAEGINA TURIBRIGENSIS PROSERPINA.

– B –

Brigit
(Brighid, Brigid, Bridget, outros, nomes)
A Exaltada. Descrição resumida.

– T –

Taranis
(Taranos, Taranus)
Uma das três principais divindades da Gália, é o mestre da guerra e Seu nome significa “trovão”. Seu nome perdura em sete altares que vão da Grã-bretanha até os Bálcãs.

___

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: